LIMPEZA INTERIOR

A higiene é um grande aliado da saúde e da longevidade, é um facto assente, contudo, só se costuma falar da higiene externa. De purificação interna ou de limpeza interior a maioria pouco sabe. E aqui refiro-me a dois pontos essenciais, a purificação orgânica interna e a purificação mental/emocional.
Começando pela primeira, e resumindo,trata-se de ter um cuidado acrescido com aquilo que damos ao nosso corpo na hora de nos alimentarmos. Há alimentos e produtos alimentícios que “sujam” o nosso organismo e que tiram anos de vida. À medida que nos tornamos mais conscientes, com a prática do yôga, por exemplo, é mais fácil perceber o que nos faz bem e aquilo que nos faz mal. Mas para quem anda tão distante do seu próprio corpo nem se apercebe que muitas vezes o está a envenenar e não a alimentar. Obviamente, enquanto se é mais jovem o corpo por si só vai eliminando muitos dos detritos, desgastando-se mais nesse esforço. Mas à medida que a idade avançada o corpo já reage mais lentamente e com maior dificuldade. Nesse sentido, e de forma a prolongar a saúde e vitalidade o mais possível, convém não o sobrecarregar dessa forma. Há técnicas para o ajudar a purificar, no domínio do yôga chama-se kriyá, a esse conjunto de técnicas. Mas mesmo para quem não sabe do que se trata pode no dia-a-dia fazer por se informar sobre os produtos que ingere e que nada acrescem a nível de saúde. No topo da lista estão os lácteos, o açúcar e o trigo. Evidentemente se optar por uma alimentação vegetariana melhor ainda. Sentirá toda a diferença numa questão de dias.

No que ao segundo ponto diz respeito, a purificação emocional, trata-se de não se deixar conspurcar pelos detritos tóxicos gerados pelas emoções pesadas, então, quanto menos medo, ciúme, inveja, ódio, etc, sentir melhora para a sua saúde. Estas emoções pesadas são tão más para o seu organismo como os alimentos atrás referidos, ou pior.

Faça então o seguinte, alimente-se de forma saudável, o mais natural possível, evitando os processados de toda a ordem e cortando ou eliminando aquilo que percebe que não lhe faz bem. A nível mental e emocional vá eliminando esses sentimentos, não se envolva em situações que os geram e aos pouco vais conseguindo gerir cada vez melhor. Poderá não ser fácil de início, mas vai compensar de certeza.

Tornar-se-á não só limpo por fora mas também por dentro

Também poderá estar interessado

Sem comentários adicionados

    Responder