ROBÔS PARA APOIAR IDOSOS

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) estão a desenvolver um projeto que usa robôs para o apoio a idosos, em atividades como, por exemplo, a toma de medicamentos ou no contacto com os familiares.

Luís Vitor Filipe, professor da Escola de Ciências e Tecnologia da UTAD, afirmou à agência Lusa:

“Este sistema tem, na sua base de dados, a indicação da hora a que os idosos devem tomar a medicação e qual o medicamento. Através do seu sistema de locomoção, o robô desloca-se e recolhe o medicamento devido e procura a pessoa indicada, isto considerando que na habitação podem estar mais do que uma pessoa.”

“O robô possui uma câmara e os familiares do idoso têm uma aplicação, através da qual conseguem deslocar o robô remotamente até à pessoa com quem pretendem falar”.

Também poderá estar interessado

Sem comentários adicionados

    Responder