TRATAR A DEMÊNCIA FOMENTANDO A FELICIDADE

Uma nova abordagem para o tratamento da demência está a ser experimentada por médicos e profissionais de saúde holandeses.

Procuram aproveitar o poder do relaxamento, memórias de infância, recursos sensoriais, música reconfortante, estrutura familiar e outras ferramentas para curar, acalmar e estimular os utentes de lares.

Implementam uma nova metodologia de trabalho, em vez de confiarem na antiga prescrição médica para repouso, medicamentos e, em alguns casos, restrições físicas.

“Quanto mais se reduz o stress, melhor”, disse Erik Scherder, neuropsicólogo da Universidade Livre de Amesterdão e um dos especialistas mais reconhecidos no tratamento da demência no país.

“Se você pode reduzir o stress e desconforto, há um efeito fisiológico direto”.

As viagens simuladas de autocarro ou para a praia – como a que foi recriada em num centro de atendimento em Haarlem, que não está muito longe de uma praia real – tornam-se um ponto de encontro para os pacientes.

A experiência partilhada permite que eles falem sobre viagens anteriores e façam algumas mini-férias nas suas vidas diárias.

 Jan Post y Harry Klein na recreação de um bar de Amesterdão, do centro (com álcool verdadeiro) Crédito – Ilvy Njiokiktjien para o The New York Times

 

FONTE: The New York Times

Também poderá estar interessado

Sem comentários adicionados

    Responder