BOA NOTÍCIA – TERMAS COMPARTICIPADAS

Os tratamentos termais vão passar a fazer parte do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a partir do primeiro dia de 2019, ano em que passarão a ser receitados pelo médico de família e voltam a ser comparticipados. A portaria publicada esta segunda-feira, da responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde e da Secretaria de Estado do Turismo, a que o JN teve acesso, define também o valor máximo da comparticipação por utente e por conjunto de tratamentos (35% ou 95€), bem como as patologias aceites.

FONTE: JN.PT

“O regime de comparticipação, que assume a forma de projeto-piloto, será avaliado ao fim de um ano, de forma a medir, de forma cuidada, os benefícios alcançados por estes tratamentos”, refere ainda a nota do gabinete de imprensa do Ministério da Saúde, acrescentando que “posteriormente será definida a política a seguir em matéria de prescrição e comparticipação nesta área”.

FONTE: SAPO.PT

Também poderá estar interessado

Sem comentários adicionados

    Responder