Artigo

3,7 milhões de pensões pagos a mortos

Uma das principais conclusões de uma auditoria do Tribunal de Contas (TdC) às prestações por morte do sistema previdencial processadas em 2016 e 2017, dá nota de o Instituto da Segurança Social (ISS) e o Centro Nacional de Pensões (CNP) terem pago pensões no valor de quatro milhões euros indevidamente, sendo que 3,7 milhões de euros foram pagos em pensões de sobrevivência cessadas, em 2016 e 2017, mais de um ano após o óbito dos beneficiários.

26 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail