Artigo

Alain Touraine: “Esta crise empurrará para cima a categoria dos cuidadores”

O prestigiado sociólogo francês Alain Touraine, de 95 anos, esteve à conversa, pelo telefone, a partir de Paris, com MARC BASSETS  (IDEAS, El País).

Transcrevemos algumas ideias que consideramos interessantes:

  • A única preferência do vírus é para com os velhos. Nem sequer há vacina ou remédio. Não temos armas, vamos com as mãos nuas, estamos fechados, sós, isolados e abandonados. Não se pode estar em contacto e há que encerrar-se em casa.
  • Isto não é a guerra. Tecnicamente a guerra coloca frente a frente o exército A que invade o território do país B. São necessários pelo menos dois e ocorre entre humanos. Aqui, ao contrário, o que vemos é o humano contra o não humano.  Não critico a utilização da palavra guerra mas seria uma guerra sem combatentes. Não há um estratega: o vírus não é um chefe de Governo.
  • Estamos no não-sentido e creio que muita gente ficará louca pela ausência de sentido.
  • Esta crise empurrará para cima a categoria dos cuidadores: não podem continuar a ser mal pagos.

 

Foto de capa: Jean Ayissi – AFP

 

32 views
cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail