SUGESTÃO CULTURAL: PAULA REGO – “O GRITO DA IMAGINAÇÃO”

Andámos pelo Porto e fomos levados à Fundação de Serralves para assistir, no âmbito da 45.ª Edição do Portugal Fashion, ao desfile de Marques Almeida na Casa de Serralves.

Foi inevitável, fomos ao Museu de Arte Contemporânea e visitámos a exposição O Grito da Imaginação de Paula Rego.

Recomendamos, vivamente, os nossos leitores a não desperdiçarem a oportunidade de fruírem das obras da conceituada artista plástica.

 

PAULA REGO. O GRITO DA IMAGINAÇÃO.
DE 25 OUT 2019 A 08 MAR 2020
O núcleo de obras de Paula Rego na Coleção de Serralves, realizadas entre 1975 e 2004, será o ponto de partida para a concretização de uma exposição monográfica intitulada “Paula Rego. O Grito da Imaginação”.
Esta  mostra trará a artista de volta a Serralves depois da referencial exposição que o Museu organizou em 2004. A exposição que agora se apresenta vai habitar a Casa de Serralves e reúne trabalhos representativos de vários períodos da obra desta autora que definiu um novo paradigma na pintura portuguesa contemporânea.
“Paula Rego. O Grito da Imaginação” integra também duas séries de gravuras, “Pendle Witches” (1996) e “Shakespeare’s Room” (2006) do espólio da Casa das Histórias Paula Rego (e propriedade da Câmara Municipal de Cascais), reforçando o pano de fundo desta mostra que incide sobre a capacidade da arte, nomeadamente na sua vertente figurativa, revelar universos onde a surpresa e o espanto se ancoram nos mais básicos e fundamentais anseios da sociedade contemporânea, do papel da mulher nesse universo e, finalmente, da capacidade da arte questionar o quotidiano.
Exposição organizada pela Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea e comissariada por Marta Almeida.
Imagem: Filipe Braga, © Fundação de Serralves, Porto.
FONTE: https://serralves.pt/pt/
Deixe o seu comentário

You Might Also Like