PRIORIDADE DA AGENDA POLÍTICA – GARANTIR OS DIREITOS DOS SENIORES

Defendemos que a criação de políticas ativas, efetivas e inclusivas, para a população sénior, devem ser prioritárias na agenda política.

É fundamental tratar questões específicas relacionadas com a habitação, saúde, pensões, envelhecimento activo…

Este grupo deve continuar a ser ativo e participativo na nossa sociedade, reivindicando os seus direitos e não olvidando os seus deveres de cidadania, em prol de uma comunidade para todas as idades.

Apelamos a todos os partidos políticos, que concorrem às próximas eleições legislativas, que priorizem a necessidade de enfrentar e dar especial atenção ao problema da solidão que constitui, quando associada à diminuição ou perda de autonomia funcional, um dos factores de maior vulnerabilidade, de isolamento social e de desenraizamento.

 

Deixe o seu comentário

Também poderá estar interessado