Artigo

Genética e envelhecimento saudável

O Projeto 80+ teve como objetivo inicial construir um banco de dados genômicos de indivíduos idosos da população brasileira como ferramenta para interpretação de patogenicidade de variantes candidatas a causarem doenças monogênicas.

A inclusão da coorte SABE (Saúde, Bem-estar e Envelhecimento), acompanhada pela Faculdade de Saúde Pública da USP desde 2000 permitiu a ampliação do número de amostras, bem como acesso a uma coleção de fenótipos clínicos prevalentes de relevância epidemiológica.

As variantes genéticas encontradas nestas coortes estão disponíveis online no Arquivo Brasileiro Online de Mutações (http://abraom.ib.usp.br/). Este banco de dados continua a ser expandido e permitirá a investigação do impacto de fatores genéticos e ambientais que modulam fenótipos associados ao envelhecimento, entre eles o declínio cognitivo e fragilidade.

Além disso o Genoma USP pesquisa neurônios (derivados de células IPS sanguíneas) de nonagenários e centenários saudáveis.

Pesquisadores:
– Mayana Zatz
– Michel Satya Naslavsky
– Guilherme Lopes Yamamoto
– Esper Abrão Cavalheiro
– Edson Amaro Junior
– Carlos Frederico Martins Menck
– Miguel Mitne Neto
– Valdemir Carvalho
– Yeda Duarte
– Anibal Vercesi

90 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail