Artigo

O Triângulo Amoroso: Jeanie, 81 anos, Will, com 84, e Adina, com 90 anos

“Eu não quero assumir todas as roupas da maturidade”.

“Eu quero ser livre”.

O trabalho de ISADORA KOSOFSKY, foto-jornalista, fotógrafa documental e cineasta, The Three – Senior Love Triangle poderá ser visto, em Coimbra, num dos mais importantes encontros de fotografia documental da Península Ibérica, organizado pela Estação Imagem, entre 17 de Abril e 30 de Maio, no Edifício Chiado – Museu Municipal.

“Em The Three, Isadora Kosofsky integra-se nos ziguezagues de uma relação a três na terceira idade.”

(Sérgio Gomes, Ípsilon)

 “O Triângulo Amoroso dos Três Idosos é um documentário fotográfico de longo curso que observa a vida de três pessoas na terceira idade envoltos num conflito amoroso. Vêem a sua ligação como um escudo que os protege da solidão do envelhecimento.”

Fonte: http://www.isadorakosofsky.com/albums/the-three/

“Embora a relação de Jeanie, Will e Adina tenha começado num centro de dia em Los Angeles, Califórnia, o mundo exterior é sentido como a sua casa. Para eles, o centro de dia faz pensar na solidão. Tentando encontrar conforto dentro de si mesmos, procuram uma fuga entre os três. Ao descrever o laço entre eles, Will diz-nos: ‘Vivemos fora da lei, mas não acima da lei. Não somos uns marginais’.”

Fonte: http://www.isadorakosofsky.com/albums/the-three/

“Através desta relação, Jean, Will e Adina desafiam as normas socioculturais projectadas sobre os mais velhos. Jeanie, reflectindo sobre a sua vida, confia-nos que ´Não desejo assumir todas as roupagens da maturidade.’ Jeanie procura empoderamento e clarifica: ‘Quero ser livre.’ Para estas pessoas, envelhecer é, paradoxalmente, uma forma de perda mas também de libertação.”

Fonte: http://www.isadorakosofsky.com/albums/the-three/

“Tentando encontrar consolo neles mesmos, procurando uma fuga entre eles. Quando faço parte da vida de Jeanie, Will e Adina, sinto que estou a participar numa actividade clandestina, nalguma coisa diferente. A cada dia procurámos uma nova “aventura”, um objectivo. Senti o conforto de fazer parte do grupo. Mas a excitação revelou tristeza. Também eu experimentei o distanciamento que podemos sentir enquanto parte de um grupo ou de um par. Senti a dor que se instalara debaixo da superfície do seu romantismo. Jeanie costumava dizer: ‘Partilhar o Will é um mal-estar constante. A relação entre um homem e uma mulher é algo privado. É um casal. Não é um trio.'” Isadora Kosofsky

Brevemente poderá adquirir o livro, editado pela Estação Imagem:

Veja o Teaser:

 

61 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail