PANDEMIAS: DEMÊNCIA E COVID-19

O aumento continuado do número de casos de pessoas com demência no mundo, três novos casos a cada três segundos, levou a que esta doença fosse considerada uma pandemia silenciosa, num mundo cada vez mais grisalho. Viver com demência e cuidar de uma pessoa com demência é muitíssimo exigente. A pandemia do novo coronavírus é especialmente castigadora para as pessoas mais velhas. Quando as pessoas já têm uma idade avançada e padecem de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer ou outras demências, são especialmente vulneráveis à pandemia provocada pelo Covid-19.

No artigo “Dementia care during Covid-19”, publicado na revista The Lancet[1], os autores consideram que é muito mais provável que as pessoas com demência possam contrair a doença porque têm um acesso muito limitado à informação verídica sobre a pandemia, podem revelar dificuldades em compreender a mensagem e em recordar as medidas de prevenção e segurança para evitar o contágio (a importância de usar máscara, lavagem das mãos…).

José Luís Molinuevo, um dos autores do artigo, diretor do Programa de Alzheimer do Barcelonaβeta Brain Research Center[2], do Centro de Investigação da Fundação Pasqual Maragall[3], informa que uma das manifestações clínicas da infeção por Covid-19, nas pessoas com demência, é o delírio, uma consequência da hipoxia. Deste facto, resulta o aumento do sofrimento das pessoas com demência e dos seus cuidadores; o incremento do custo dos cuidados médicos e a necessidade de apoios adicionais.

As pessoas com demência, mais vulneráveis ao novo coronavírus, são também fortemente afetadas pela alteração das suas importantes rotinas: sair à rua para passear, conviver com familiares, vizinhos e amigos, frequentar o centro de dia…

No caso das pessoas que estão institucionalizadas, a restrição das visitas familiares tem consequências muito negativas. O isolamento social é especialmente nefasto para estas pessoas.

É fundamental e urgente o apoio às pessoas com demência e aos seus cuidadores, de modo a protegê-las da pandemia por Covid-19, fornecendo-lhes apoio psicossocial.

As pessoas com demência, as suas famílias e os seus cuidadores enfrentam uma situação complexa e nova para a qual é necessário encontrar apoios de modo a mitigar as dificuldades.

Não fosse o dia 01 de abril conhecido como o dia das mentiras ou dos enganos, e, talvez, já estivessem no terreno os anunciados 30 projetos-piloto de apoio ao cuidador informal. Projetos-piloto que não arrancaram e dos quais não conhecemos os critérios que originaram a escolha dos concelhos selecionados para que fossem testados, recordo o leitor, a partir do dia 01 de abril de 2020.

Questões que gostaria de ver respondidas:

  • Quando serão divulgados os Planos Regionais para as Demências? Planos que ficaram a cargo das Administrações Regionais de Saúde que, no espaço de um ano, teriam de desenvolver medidas adaptadas às especificidades da região em que atuam, e articulá-las com o Plano Nacional de Saúde e o Plano Nacional de Saúde Mental? NOTA IMPORTANTE: no dia 19 de junho de 2020 assinalar-se-ão dois anos após a publicação do Despacho n.º 5988/2018[4] (Diário da República n.º 116/2018, Série II de 2018-06-19.
  • Quando será publicada a 3.ª Portaria que falta para a regulamentação do estatuto do cuidador?
  • Os cuidadores informais poderão, como está previsto, requerer essa classificação ao Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social a partir do dia 01 de julho de 2020?

[1] https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30755-8/fulltext

[2] https://www.barcelonabeta.org/en

[3] https://fpmaragall.org/

[4] https://dre.pt/application/conteudo/115533450

Deixe o seu comentário

You Might Also Like

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close