Artigo

Simpósio “Insónia: a perspetiva da Medicina do Sono”

A Associação Portuguesa do Sono (APS) organiza, no dia 20 de outubro, sábado, o simpósio “Insónia: a perspetiva da Medicina do Sono”, em Coimbra, no Hotel Dona Inês. O objetivo é discutir as principais questões relacionadas com esta patologia do sono que afeta 10% da população e está associada a doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e mortalidade precoce.

A insónia pode-se fazer acompanhar de perturbações cognitivas, emocionais, fadiga, ansiedade, depressão e demência. Uma particularidade é a interação com os comportamentos aditivos como o alcoolismo. Está ainda interrelacionada com doença mental e constitui também uma patologia comórbida do Síndrome do Apneia do Sono, do Síndrome de Pernas Inquietas, das alterações do ritmo circadiano e de várias outras nosologias próprias da Medicina do Sono.

O tratamento da insónia é possível, mas não está a ser eficaz na maioria dos casos em Portugal devido ao uso excessivo de benzodiazepinas, o que é inapropriado e perpetua a própria insónia. As benzodiazepinas provocam dependência, alterações cognitivas, comportamentais e demência precoce.

Desta forma, a APS considera de extrema importância a realização deste encontro para alertar os profissionais de saúde e investigadores para estas novas evidências. Durante o simpósio, vão ser discutidas questões relacionadas com a fisiopatologia e as manifestações clínicas da associação da insónia com o Síndrome de Apneia do Sono; a interdependência entre insónia, depressão e ansiedade; os mecanismos, o diagnóstico e clínica da insónia de sono curto objetivo; a insónia na criança na criança e no adolescente e o tratamento farmacológico e com terapia cognitivo-comportamental. Será ainda realizada uma conferência no âmbito da investigação translacional sobre “Sono, ritmo circadiano e envelhecimento: do laboratório para a sociedade”.

O simpósio “Insónia: a perspetiva da Medicina do Sono” conta com o contributo dos especialistas Ana Rita Álvaro, Cláudia Cavadas, Erla Björnsdóttir, Francesca Canellas, Joana Serra, Joaquim Moita, Marta Gonçalves, Núria Madureira, Nuno Madeira e Vanda Clemente.

A inscrição pode ser feita aqui e tem um valor de 100 euros até ao dia 23 de setembro. A partir desta data, o valor aumenta para 120 euros. Sócios da APS, ​Internos médicos e alunos de licenciatura, mestrado e doutoramento nas áreas da saúde e investigação biomédica podem usufruir de uma valor especial de 50 euros até ​​23 de setembro, aumentando para 60 euros a partir desta data.

23 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail