O Facebook conquista os utilizadores mais velhos

Estudo SeniorLab/Envelhecer exclusivo:

O Facebook cresce para os utilizadores mais velhos com um papel de facilitador para reencontros e de reatar contatos e laços pessoais perdidos há muitos anos. É possível notar isso pelos números de utilizadores mais velhos na rede social.

O recente estudo da SeniorLab mercado & consumo 60+ realizado na base de dados do Facebook em Portugal na primeira semana de outubro desde ano revela números interessantes e que desafiam os profissionais do marketing tradicional e do digital marketing.

Como melhorar a comunicação com este segmento?

  • 12% dos utilizadores do Facebook são 60+
  • 26,3% da população 60+ têm perfil no Facebook

 

Portugal tem hoje 6,3 milhões de utilizadores no Facebook, o que representa 61% da população do país. 750 mil utilizadores têm 60 anos ou mais, o que representa 12% de todo o Facebook. Quando sobrepomos a quantidade de perfis 60+ no Facebook com a população total que é de 10,3 milhões de portugueses, chegamos a impressionantes 26,3% da população com mais de 60 anos já possuindo perfil e utilizando o Facebook.

A partilha de memórias, imagens histórias e contactos relacionados com o seu passado tem sido o principal ponto de atração que, a medida que ele começa a conviver, se relacionar e entender os outros aspectos da rede social, começam a ser ampliados. Um ponto que os utilizadores mais velhos destacam é a curadoria de conteúdo que acontece naturalmente à medida que seus amigos mais experientes começam a compartilhar textos, artigos e até vídeos que os interessam.

A exposição que a rede acaba trazendo causa certo desconforto. O caracter público do Facebook e o desconhecimento das configurações de privacidade os obriga a serem muito cuidadosos e minimalistas na sua utilização. Em muitas situações a rede social serve para agregar de contactos que depois se intensificam de forma mais privada ou até pelo Whats app que é percebido como um “Clube Privado”.  A confiança na utilização da rede social aumenta na medida proporcional ao aumento da presença de amigos ou pessoas da sua relação.

A capacidade de utilizar as novas tecnologias da informação e comunicação necessita de uma actualização constante. Semanalmente são apresentadas novas configurações e ferramentas que trazem muitas vantagens aos utilizadores mais velhos e aí se deposita uma grande oportunidade de negócio para negócios voltados ao ensino e desmistificação da tecnologia. Se manter atualizado é uma necessidade cada vez mais presente. As limitações biológicas inerentes à idade fazem parte do Aging in Market, conceito trabalhado pela SeniorLab, que não podem ser esquecidas pois nesta faixa etária se manifestam os declínios de funções visuais, auditivas, motoras e cognitivas que devem ser tidas em conta nos momentos de concepção e design da tecnologia. Tarefa para os web designers e app designers com na aplicação da UX60+, a User eXperience 60+.

 

 

 

Também poderá estar interessado

Sem comentários adicionados

    Responder