Artigo

“Ela envelheceu incrivelmente bem e é o paradigma da saúde e do bem-estar”

Em um punhado de eventos públicos recentes, a Rainha Elizabeth II, 94 anos, apresentou-se impecável, após meses de confinamento devido ao Covid-19.

Bryan Kozlowski, investigador da cultura britânica, acaba de lançar um novo livro, “Long Live the Queen! 23 regras para viver do monarca mais antigo da Grã-Bretanha”.

“Ela envelheceu incrivelmente bem e é o paradigma da saúde e do bem-estar”. No seu novo livro explora os segredos da longevidade da Rainha Elizabeth aos 94 anos.

Treinos
“Para alcançar a longevidade, [a maioria das pessoas] tende a pensar que você precisa manter um regime de condicionamento físico rigoroso”, disse o autor. Não a rainha. Ela acredita muito em “exercícios sensíveis”, como caminhadas rápidas com seus corgis e passeios a cavalo. “A pesquisa diz que os tipos de exercícios que você faz constantemente são os que lhe dão prazer”, acrescentou Kozlowski.

Dieta – e álcool

Como muitos de sua geração – que experimentaram racionamento durante a Segunda Guerra Mundial – Elizabeth prefere refeições simples. “Por um longo período na Grã-Bretanha, era quase antipatriótico ser muito do que chamamos de foodie hoje em dia”, disse Kozlowski.

O ritual preferido do monarca é um chá da tarde com sanduíches e scones. “Ela também vai preferir a menor fatia de bolo”, acrescentou. “Como os nutricionistas costumam aconselhar, você deve se permitir comer guloseimas ocasionalmente.”

Quando se trata de álcool, foi relatado anteriormente que ela gosta de um coquetel de gin pela manhã, seguido por uma taça de vinho ou champanhe no almoço, e outra taça de champanhe mais um martini seco à noite.

 

Regime de beleza
Quando um aristocrata conheceu a rainha pela primeira vez, ele comentou com o marido dela, o príncipe Philip: “Nunca percebi que pele adorável ela tem”. Philip – conhecido por sua inadequação – retrucou: “Ela é assim mesmo.”

Quanto ao seu regime de beleza, Kozlowski afirma que nenhuma marca excessivamente cara tem o selo real de aprovação e, por anos, Elizabeth usou produtos da Cyclax com preços razoáveis, incluindo o hidratante Milk of Roses.

A nonagenária, que mal usa maquiagem, manteve-se protegida do sol por décadas – seu local de férias fica longe da Escócia tropical.

Educação continuada

Kozlowski revela que a curiosa rainha passa horas todos os dias examinando documentos. Um de seus passatempos favoritos é superar primeiros-ministros durante as sessões de briefing no Palácio de Buckingham, mencionando uma política ou questão constitucional sobre a qual eles nada sabem.

Saúde mental
Conhecida por seu lábio superior rígido, a rainha está no lado oposto do espectro de sua neta Meghan Markle, que alguns consideram uma vítima.

“[Elizabeth] vem de uma cultura de dignidade, onde todos eram muito responsáveis ​​por suas próprias emoções”, disse Kozlowski. Ele acredita que a atitude da rainha em “enxergar o copo meio cheio” dá força mental. “Ela pratica o que os psicólogos chamam de ‘descoberta de benefícios’”.

Ele até prevê que Elizabeth viverá mais do que sua mãe, que morreu aos 101 anos em 2002. “Ela tem essa vontade de se adaptar, o que acaba com o estresse insidioso que você recebe ao resistir à mudança”, disse ele. “Isso contribui para a longevidade e uma existência gratificante, com certeza.”

FONTE: VOGUE

124 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail