“Devia obrigar-se as pessoas a poupar”

José Veiga Sarmento, presidente da Associação Portuguesa de Fundos, considera que as pessoas devem ser obrigadas a poupar:

“Se não há uma atitude das autoridades no sentido de levar as pessoas a poupar. Isso não acontece. E isso pode ser feito com incentivos fiscais (…) ou obrigar as pessoas a poupar. Isso é algo que os ingleses fizeram recentemente numa reforma do sistema de pensões. A solução é que, além dos benefícios, deviam obrigar-se as pessoas a poupar”

O Expresso recorda:

“Ainda recentemente um relatório da OCDE mostrava que em Portugal continuará a ser possível as pessoas reformarem-se com 90% do seu salário líquido, mas, para isso, precisam de trabalhar quase 50 anos. As reformas antecipadas, essas, devem ser cada vez mais difíceis de aceder. Ao nível da poupança privada e complementar, organismo também recomenda que se apertem as regras dos PPR (planos poupança-reforma) de modo a dificultar o seu resgate antecipado.”

Deixe o seu comentário

You Might Also Like

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close