Artigo

Isabella Rossellini: “Obrigado por deixarem minhas rugas”

Isabella Rossellini celebra beleza real na capa da Vogue Itália: “Obrigado por deixarem minhas rugas”

Aos 71 anos, atriz lança novo filme e recebe homenagem em festival de cinema

A atriz Isabella Rossellini, 71 anos, é a estrela da capa da Vogue Itália de outubro. Na edição, a atriz, que volta às telas em breve com seu novo filme La Chimera (ainda sem tradução para o português) aparece em um close onde fica evidente as marcas do tempo. Na entrevista, a atriz fala de sua infância ao lado dos pais, a atriz Ingrid Bergman e o diretor italiano Roberto Rossellini, de quem herdou o gosto pelas artes e de sua carreira no cinema.

Esta é a 38 vez que Isabella aparece na capa da Vogue. A primeira foi em 1982, aos 27 anos.
Em 1983, tornou-se o rosto da Lancôme, parceria que durou 14 anos até ser demitida, por não corresponder aos padrões da época. Voltou a estrelar as campanhas da marca aos 63 anos. “Não consigo expressar a emoção que senti quando, há 10 anos, a primeira mulher diretora de uma grande marca de beleza, Françoise Lehmann, me pediu para voltar a fazer publicidade da Lancôme. Fui demitida aos 40 anos porque estava “muito velha” para representar beleza. Que sorte poder viver tanto tempo para testemunhar a grande evolução social de nós, mulheres!”, disse

Durante o ensaio para a capa, a atriz pediu ao fotógrafo Zhong Lin que não retocasse suas imagens. “Acho muito simplista [querer] parecer mais jovem do que a minha idade, o que, de qualquer forma, é uma batalha perdida. Pedi à Vogue Italia para não retocar as fotos e me deixar com minhas rugas. As novas gerações procuram definições de beleza mais modernas e mais inteligentes”, observou. “Estou curiosa para ver as reações dos leitores. Alguns serão positivos, outros negativos. Talvez!”
FOTO DE CAPA: Vogue Itália Reprodução/ Instagram

705 views
cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail