Artigo

O COMBATE AO IDADISMO DEVE SER O 1.º PILAR ESTRATÉGICO DO PLANO DE AÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL

O COMBATE AO IDADISMO DEVE SER O 1.º PILAR ESTRATÉGICO DO PLANO DE AÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL

A Associação Stop Idadismo congratula o Governo de Portugal pela publicação do primeiro Plano de Ação para o Envelhecimento Ativo e Saudável 2023-2026. O Plano prevê 83 medidas e 135 atividades, a promoção de respostas integradas, articulando políticas das várias áreas.

Depois da desilusão que foi a não concretização da proposta do Grupo de Trabalho Interministerial “ESTRATÉGIA NACIONAL PARA O ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL 2017-2025”, a publicação, em Diário da República do Plano de Ação do Envelhecimento Ativo e Saudável (Resolução do Conselho de Ministros n.º 14/2024), trouxe-nos uma nova esperança para a mudança de paradigma no que concerne à longevidade.

Urge uma nova geração de políticas públicas que encarem os desafios da demografia e da longevidade como uma oportunidade e não uma fatalidade.  Para que tal desiderato possa ser alcançado, é necessário mudar a forma como pensamos, sentimos e agimos em relação à idade e ao envelhecimento, em linha com as quatro áreas de ação da Década do Envelhecimento Ativo 2021-2030. A primeira área de Acão da Década do Envelhecimento Ativo 2021-2030 é o combate ao idadismo, uma prioridade bem patente na campanha global da Organização Mundial de Saúde (OMS) #AWorld4AllAges. A luta contra o idadismo deve ser priorizada para que se possa avançar com sucesso para as outras áreas: Garantir que as comunidades promovam as capacidades das pessoas idosas; Entregar serviços de cuidados integrados e de atenção primária à saúde centrados na pessoa e adequados à pessoa idosa; Propiciar o acesso a cuidados de longo prazo às pessoas idosas que necessitem.

Solicitamos ao próximo Governo de Portugal que reveja o Plano de Ação do Envelhecimento Ativo e Saudável 2023-2026 e integre o combate ao idadismo como pilar estratégico. Ainda existem muitos estereótipos (como pensamos), preconceito (como nos sentimos) e discriminação (como agimos) em relação às pessoas com base na sua idade. A discriminação por idade afeta pessoas de todas as faixas etárias, mas tem efeitos particularmente prejudiciais sobre a saúde e o bem-estar das pessoas idosas.

129 views
cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail