Artigo

O MOVIMENTO #STOPIDADISMO ASSINALA O DIA INTERNACIONAL DA PESSOA IDOSA, PELA PRIMEIRA VEZ, NOS AÇORES – ILHA TERCEIRA

Integrado por organizações iberoamericanas, o movimento #StopIdadismo associa-se às iniciativas  da IPSS – Casa do Povo de Santa Bárbara da Ilha Terceira (CPSB) que visam combater o idadismo, o preconceito em função da idade, através da promoção de ações que reduzam a prevalência da violência sobre as pessoas idosas e também, a envolvência dos diversos sectores da sociedade – saúde, educação, social e empresarial através das ações previstas a cada mês.

 

A Casa do Povo de Santa Bárbara da Ilha Terceira (CPSB) apresentará à comunidade, no dia 01 de outubro, sexta-feira pelas 10h30 (hora local), 11h30 no Continente, o projeto “Liber(Idade) – Plano de Ação Comunitário, no âmbito do Movimento #STOPIDADISMO,” que será implementado de janeiro a dezembro de 2022, em estreita relação com o Movimento e com as entidades parceiras.

 

Na sessão de apresentação, presidida pela Direção da CPSB, concretamente o Presidente da Direção, Sr. Durval Santos, na qual estarão presentes as seguintes entidades: Vice-Presidência do Governo Regional dos Açores representada pela Sra. Diretora Regional da Solidariedade Social, Representante da Direção Regional da Promoção para a Igualdade e Inclusão Social, Presidente da União Regional das Instituições Particulares de Solidariedade Social, Presidente da Junta de Freguesia de Santa Bárbara da Ilha Terceira, Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Praia da Vitória e a Santa Casa da Misericórdia da Praia da Vitória irá também participar com a Equipa Técnica Responsável pelo Núcleo de Iniciativas de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e o representante, em Portugal, do Movimento Stop Idadismo.

Será assinado, durante a sessão, o protocolo de colaboração entre o Movimento #STOPIDADISMO e a IPSS – Casa do Povo de Santa Bárbara da Ilha Terceira (CPSB) que visa potenciar ações no intuito de dar qualidade de vida ao anos, construir uma comunidade para todas as idades e combater o idadismo.

 

Múltiplas atividades

O Plano consiste num conjunto de ações mensais a desenvolver na comunidade junto dos utentes, colaboradores, voluntários, órgãos sociais e comunidade em geral, com o objetivo de sensibilizar e tornar as pessoas mais conscientes sobre todas as questões relacionadas com o Idadismo:

  Respeite a Personalidade (janeiro 2022)

  Aceite a Sexualidade (fevereiro 2022)

  Incentive a Aprendizagem (março 2022)

  Promova a Doença (abril 2022)

  Estimule a Produtividade (maio 2022)

  Rejeite a Infantilização (junho 2022)

  Proporcione a Acessibilidade (julho 2022)

  Valorize a Beleza e Bem-Estar (agosto 2022)

  Celebre os Sonhos (setembro 2022)

  Avalie a Fragilidade (outubro 2022)

  Meios de Comunicação Inclusivos (novembro 2022)

  Não estigmatize Solidão (dezembro 2022).

 

 

Sobre o #StopIdadismo

 

Integrado por diversas organizações iberoamericanas, o movimento #StopIdadismo foi lançado oficialmente no dia 30 de abril de 2021, como uma resposta da sociedade civil internacional a uma das maiores violências contemporâneas contra a pessoa idosa, o preconceito por idade, conhecido como idadismo.

 

A mobilização emergiu após a publicação pela Organização Mundial da Saúde e outras agências das Nações Unidas, no dia 18 de março, do “Relatório Global sobre Preconceito de Idade”. O documento revelou que uma em duas pessoas no planeta discrimina idosos, com atitudes que agravam a sua saúde física e mental e reduzem a sua qualidade de vida. As Nações Unidas alertam no documento que esse comportamento foi agravado na pandemia de Covid-19, na medida em que pessoas mais jovens e idosas foram estereotipadas no discurso público e nas redes sociais.

 

O objetivo central do movimento #StopIdadismo é produzir e difundir informações, reflexões, dados atualizados e outros elementos que contribuam para ações organizadas de enfrentamento ao idadismo. Nesse sentido, vem promovendo uma série de campanhas de conscientização sobre o problema.

 

Mais informações sobre o #StopIdadismo e sobre como participar de suas campanhas estão no site do movimento. Acesse: www.stopidadismo.pt

103 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail