Artigo

RICARDINHO – 33 – “Não vamos adiantar a minha reforma”

Ricardinho concedeu uma entrevista ao Público e abordou a questão da “idade futebolística”:

 

Sinceramente, sinto-me ainda muito bem, apesar dos 33 anos. As pessoas vão olhando para a idade, é normal, mas sinto-me bem e útil na selecção e no meu clube, que já falou comigo para renovar contrato.”

O futuro vai-se preparando a pouco e pouco. Ainda me sinto útil e forte para o desporto. Quero continuar a ganhar. Tenho tido muito feedback positivo do meu clube e da selecção. Aliás, a primeira conversa que tive com o Jorge Braz foi a pensar não ir ao Mundial. Mas ele com palavras e detalhes mostrou que eu ainda era necessário e importante para a equipa e por isso abracei esse projecto com muita alegria.”

“Claro que me quero sentir útil e quando isso deixar de acontecer, não estou aqui na selecção a fazer nada. É óbvio que ainda me estou a preparar e queria ser embaixador do futsal, não sei se com a FPF, com a UEFA ou a FIFA. Já tive vários convites, trocámos vários e-mails, mas logo veremos. Não vamos adiantar a minha reforma porque ainda tenho umas coisas para dar e para ganhar.”

 

Leia a interessante entrevista do craque português aqui…

63 views

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail